Onde há fumaça há fogo

Posted: 9th setembro 2009 by admin in Sermões

“Onde há fumaça há fogo” este e outros ditados populares expressão um tipo de provérbio de causa e efeito. Na Bíblia encontramos alguns até meio engraçados, como “bater o leite dá manteiga; pancada no nariz faz sair sangue; provocar a raiva dá briga.” (Prov  30.33 NTLH). Este texto me faz lembrar da minha infância em Araguari, no Triângulo Mineiro, quando minha mãe me entregava um vidro fechado, cheio de nata e me dava a tarefa de sacudir aquele vidro até a nata virar manteiga. A Bíblia cita outros exemplos de causa e efeito como uma frase do Apósto Paulo “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.” e “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.” (2 Co 9.6 e Gal 6.7) e isto é uma verdade. Se comemos muito, engordamos e não há dieta nenhuma que consiga reverter o processo sem mexer na causa. Há também os mitos como que o frio causa gripe, como se a gripe fosse uma consequência direta do frio e não de condições mais propícias para o virus se propagar. Mas de todas as leis de causa e efeito, a que me chama mais a atenção é a que se encontra no livro de Provérbios de Salomão, no capítulo 3:

5 Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
6 Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
7 Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal.
8 Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos.
9 Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;
10 E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.

Este pequeno trecho tem se tornado meu manual de vida e gostaria de compartilhar com vocês detalhadamente sobre três ensinamentos que tem mudado a minha forma de encarar a realidade.

Confiar e Reconhecer -> Veredas endireitadas (Vs 5 e 6)

Estes dois versículos contém um princípio há muito esquecidos pelo homem: confiar em DEUS e não no próprio entendimento. A evolução do conhecimento humano tem levado as pessoas confiarem cada vez mais naquilo que chamam de ciência. Se vamos à práia fazerum passeio, olhamos as previsões da meteorologia, o gps para ver o melhor caminho, talvez uma webcam para ver se a práia está muito movimentada etc. Não que haja algo de errado nisto, mas o problema é que cada vez mais confiamos no nosso entendimento e deixamos de lado a sensibilidade necessária para reconhecermos DEUS agindo. Lembro-me de ter passado as férias numa fazenda em Goias, próximo da divisa com o Triângulo Mineiro, nas casa de uns amigos muito queridos. À noite, ao olhar para o céu, eu contemplava algo difícil de descrever: uma quantidade imensa de estrelas de vários tamanhos e brilhos diferentes, muito mais abundante daquela que vemos em dias sem núvem na cidade. Outra coisa que me deixava impressionado é que os meninos que moravam lá, reconheciam a presença de um carro, de dois a três minutos antes que nós. Eu ficava impressionado como conseguiam perceber algo que eu, um menino da cidade, não conseguia. Me lembro também do tsuname em que os animais perceberam o perigo e o homem, cheio de si, não. Confiar no Senhor e deixar de confiar no próprio entendimento, é deixar DEUS guiar sua vida, mas para que isto aconteça, é preciso reconhecer DEUS em todos os momentos. Enxergar a mão Dele agindo nas diversas situações. É entender que “… todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

Como resultado, DEUS endireita a vereda, ajusta o caminho. É como uma escola em que se aprendemos, passamos de ano. O grande problema é que se não reconhecemos, não aprendemos, se não aprendemos, repetimos de ano. A grande sacada é justamente reconhecer e aprender pois assim, teremos o caminho endireitado, acertado.

Humilhar e Temer -> Saúde e Vigor (Vs 7 e 8 )

O segundo princípio parece conselho de mãe. Você já percebeu que quando alguém não dá ouvidos aos conselhos da mãe, normalmente quebra a cara? Aqui o Salomão recomenta a humildade pelas palavras “não sejas sábio a teus próprios olhos”, ele não diz que não devemos ser sábios, mas sim que não devemos nos achar sábios, pois “se achar” sábio soa como soberba e como já diz o provérbio “a soberba precede a queda”. Mas ao não se considerar sábio você precisa transferir sua confiaça para aquele que é TOTALEMNTE SÁBIO e teme-lo, pois “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria”. O resultado é uma expressão de saúde e vigor, de sucesso na vida segundo os padrões divinos.

Honrar e Priorisar -> Provisão e abundância (Vs 9 e 10)

Este terceiro princípio passa despercebido pela idéia do dízimo. Muitos só conseguem enxergar aqui um mandamento quanto à fidelidade financeira, mas o texto fala sobre honrar ao Senhor e honrar é muito mais que separar a décima parte dos bens. Fala também de “primeira parte” dos ganhos, pois DEUS deseja que vejamos os bens que Ele coloca em nossas mãos como algo que não nos pertence e por isto, toda a administração destes deve ser submetida ao Senhor. Aqui vale lembrar que DEUS em momento algum da história da Igreja, designou alguma “instituição” como executora da obra que é de responsabilidade de cada servo. Nestes últimos tempos as pessoas não usam seus recursos para abençoar os necessitados, elas entregam parte dos bens para uma entidade de ação social, as pessoas não investem seus bens para o sustento de alguém que vive itegralmente para o ministério, elas enviam suas ofertas para uma “instituição missionária”. Não estou afirmando que isto é errado, mas muitas vezes nos distancia do propósito inicial de sermos servos. Visitar orfãos e viúvas em suas necessidades é diferente de mandar alguém visitar por você. O segredo da provisão e abundância relatados no versículo dez é honrar ao Senhor com ouvidos atentos para corresponder com a vontade Dele no que se refere às finanças como um bom mordomo.

Conclusão

Viva este manual resumido de vida e você crescerá como pessoa (endireitará suas veredas), terá uma vida saudável e prosperará abundantemente.

VN:F [1.9.12_1141]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
VN:F [1.9.12_1141]
Rating: +2 (from 2 votes)
Onde há fumaça há fogo, 10.0 out of 10 based on 1 rating
Be Sociable, Share!
  1. vicente disse:

    oi,o significado do proverbio e muito importante

    VA:F [1.9.12_1141]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    VA:F [1.9.12_1141]
    Rating: 0 (from 0 votes)